vem-despertar category image
17 de março de 2016

Viver o Amor

Vem despertar

12109146_516424225205648_9022932695603390455_nO amor que existe em seu coração é tão grande que você poderia curar o mundo todo agora.

Nascemos do amor. Não existe nada mais perfeito e correto nesse plano terreno do que nossa aura de amor. Talvez tenhamos nos esquecido do quanto fomos amados pelo Universo antes mesmo da nossa vinda, mas não tem problema, ele nos lembra diariamente do quanto somos importantes nesse meio.

O seu amor é a única força capaz de mudar a vibração do momento em que está vivendo. É verdade que muitos não acreditam nisso e que preferem continuar dissipando o ódio e o rancor. Essa é uma escolha, deles. Não é a sua escolha. Você pode escolher o amor.

Não há nada mais sublime que o magnetismo do amor. Não há energia mais vital que a força do amor. E não há no mundo um ser sequer que não seja capaz de produzir amor.

Fomos treinados para nos defendermos do amor. Ao invés de termos sidos ensinados a amar, nossos antepassados nos ensinaram a duvidar de que ele era um sentimento confiável. De lá pra cá temos sido vítimas do desamor. O preço a pagar é alto. Problemas de saúde, maus negócios, desentendimento familiar, relacionamentos duvidosos, filhos rebeldes e doenças do espírito. Esses são os frutos do desamor. Esse é o resultado de um ser humano criado para estar sempre pronto para fugir, no limite do stress físico e mental, pronto para a guerra.

Experimente criar seus filhos no amor e poderá ver com os próprios olhos a manifestação do espírito de Cristo, Krishna, Buda ou qualquer outro mestre iluminado diante de seus olhos. Desista de criar seus filhos dentro dos parâmetros religiosos de qualquer que seja a sua religião. Crie-no na lei do Universal do amor e prepare-o para viver uma vida abundante, merecedora e feliz; então ele não terá um futuro diferente disso.

Não consigo entender como as pessoas podem se lamentar tanto do meio social em que vivem quando esse meio é resultante delas mesmo, daquilo que vibram, que falam e que manifestam através de seu próprio sentir.

Não existe outro caminho para a cura desse mundo assim como o vemos, a não ser o seu amor.

Por isso eu vim aqui pedir a você que reflita sobre a possibilidade de VIVER O AMOR. De escolher sair as ruas preparado para amar a tudo e a todos sem distinção, de acreditar nesse poder imenso e transformador, de ensinar seus filhos e netos e vizinhos sobre a possibilidade de amarmo-nos uns aos outros como Jesus nos ensinou.

Está te parecendo utopia? Pois não é. É a sua mente viciada e treinada para desconfiar de tudo que está te impedindo de acreditar num mundo povoado por pessoas que se amam e se aceitam profundamente em um constante processo interno de auto cura, auto perdão e auto aceitação materializando o bem estar, a paz e a harmonia que tanto desejam viver.

E se eu te disser que você adoece vibrando o desamor? E se eu te disser que as células do teu corpo vibram um campo de tensão e fuga, alertando seu sistema imune para se defender de uma ameaça, contraindo-se de tal maneira a causar um câncer dentro de seu corpo físico? Pois isso acontece.

Mas a boa notícia é que o contrário também tende a acontecer. Quando você vibra o amor puro e verdadeiro todas as células do seu corpo vibram de forma harmoniosa, limpando seu corpo de toda e qualquer energia ruim e equilibrando todos os seus valores sanguíneos, reproduzindo-se de forma amorosa e fortalecendo cada vez mais seu sistema imunológico tornando-o uma fonte inesgotável de amor.

Não é maravilhoso isso?!

Não podia ser diferente disso. Fomos criados a imagem da perfeição. Somos capazes de nos auto curar. Somos seres independentes criados para uma única finalidade: transformar.

Baseada nessa filosofia vou te propor um exercício rápido, capaz de te fazer perceber a força do amor que já existe dentro de você.

Vamos aproveitar esse amor para a sua própria cura, para explorar mais seus processos internos e para propagar a vibração daquilo que você deseja viver.
Relaxe e respire tranquilamente. Se puder acenda um incenso, uma vela  e coloque para tocar seu mantra favorito.
Feche os olhos e lentamente comece a imaginar uma chama aquecendo seu peito. Essa chama vai aumentando de força e de intensidade cada vez que você volta seu pensamento para ela.
Depois imagine uma parte de seu corpo que lhe cause incômodo; uma dor de cabeça, um desconforto gástrico, stress físico ou mesmo a descrença no amor.
Imagine essa chama aquecendo essa parte específica do seu incômodo. Sinta-se preenchido por uma paz e uma amor profundo que provêm dessa chama quente, do seu próprio amor. De repente você sente o Universo inteiro vibrando amor, vibrando ondas magnéticas quentes e conectando com o seu corpo em uma intensa fonte Divina de harmonia e perfeição.
Fique aí imaginando pelo tempo que achar necessário e experimente a conexão do amor.

Esse é Deus. Isso é você. Essa é a sua transformação.

Uma imensa fonte de amor.

Com leveza e alegria, recebam meu amor
Namaste _/\_

  1. Ana Cabral' disse:

    Obrigada!!
    Namastê