novo-eu category image
29 de dezembro de 2015

Inspire Leveza NOVO EU – DIA 24

Novo eu

20151230122111

 

 

 

 

 

 

 

 

 

30 Dias de Desbloqueio Mental
Dia 24 – TRAUMAS

Olá pessoas do bem =)

“Não ter medo do escuro acenderá sua própria luz” – Andreza frasseto

Começo o Desbloqueio de hoje fazendo uma pequena observação: esse é um dos Temas mais amplos e mais profundos a serem desbloqueados e justamente por ser tão amplo e tão delicado hoje nós vamos tratar dele de maneira mais resumida, ou seja, nós vamos iniciar a mexer nessas memórias de modo que você vai conseguir identificar a emoção que sente e vai aprender uma técnica rápida, mas muito eficaz para desbloquear essa emoção. Esse mesmo tema será novamente abordado em 2016, quando daremos continuidade ao projeto Inspire Leveza Novo Eu, de maneira mais profunda e focada.

Hoje nós vamos falar sobre os nossos Traumas.
Todos nós possuímos memórias de antigos traumas, em diferentes intensidades de dor, tristeza, apego e dimensão do ocorrido. Por isso esse é um tema amplo e vai desbloqueado trauma por trauma de maneira muito específica.
O que vou fazer aqui é te contar um segredinho para “driblar” aquele momento de desespero, de pânico, de fobia ou de tristeza profunda causados pelos traumas já vividos.

Traumas são aquelas situações que nós vivemos no passado e que de alguma maneira nos deixou chocados, tristes, aterrorizados ou deprimidos.
São os traumas os maiores causadores da doença da depressão, por exemplo.
E também são os traumas os maiores empecilhos para a completa felicidade.
Esses eventos costumam ser tão profundos que é comum a pessoa “apagar” até mesmo parte da lembrança do acontecimento, bloqueando assim todo seu fluxo vital e a conexão com a sua verdade.

– Existem traumas de diferentes naturezas e graus de intensidade, por exemplo:
Medo de baratas, acidente de transito, abandono, divórcio, assalto, catástrofes naturais, presenciar algum evento trágico sem necessariamente ser parte dele, gravidez indesejada, miséria, falência empresarial, perda de um ente querido.

Como podemos ver são traumas diversos entre si e cada um merece sua atenção e desbloqueio. Você já pode ter identificado algum ou alguns dos seus traumas aí nessa lista ou pode ter outros que aqui não foram mencionados.

Porém existe uma coisa símile entre todos eles, e isso a gente pode resolver hoje =)
A emoção que sentimos quando nos lembramos ou revivemos uma situação que nos remete ao evento passado.
Essa emoção é praticamente varia entre dor, aflição, desconforto, tristeza, fobia, medo e euforia.
Naquele momento em que você relembra ou vive uma situação ligada àquele trauma, todas essas emoções afloram e muitas bloqueiam instantaneamente sua fala, caminhar, pensar ou agir. Algumas pessoas perdem a consciência de onde estão e entram realmente em pânico.

Vou te dar um exemplo:
Baratas – é comum entrar em pânico só em imaginar que pode ter visto uma baratinha passando de debaixo da geladeira para debaixo da pia.
Assaltos – é comum ter síndrome do pânico quando precisa caminhar na rua ou ficar em casa sozinha.
Acidentes de transito – é comum não querer usar mais o mesmo automóvel, não conseguir voltar a dirigir ou nunca mais passar no local do acidente.
Perda de um ente querido – é comum se culpar por ser feliz e voltar a sorrir.

Em todos os traumas existem momentos de tranquilidade (quando a pessoa parece ter “se curado” e existem os momentos de “disparo”, digamos assim, quando a memória é reavivada por algum evento do presente e puxa todas aquelas emoções para a realidade).
É nesses momentos de “disparo” que você pode agir.

Então a técnica de hoje é o seguinte:
Quando você perceber que despertou as emoções de um trauma (por exemplo, está andando na rua e de repente é tomada pelo medo de ser novamente assaltada e percebe que vai entrar em pânico), você precisa ter autocontrole e força de vontade suficientes para voltar para o agora.
Nesse momento você vai parar, esteja onde estiver e vai RESPIRAR CONSCIENTE DE QUE VOCE ESTA NO PRESENTE.

Você respira profundamente, quando respira oxigena o cérebro trazendo clareza mental e começa a repetir algo assim:
“Está tudo bem comigo, eu sou …. – vai dizer o seu nome – e estou no presente, no ano de …. – vai dizer o ano – e isso aconteceu no passado, isso já passou e eu estou curada disso. Essas emoções pertencem a um passado do qual já estou curada e protegida. Estou protegida nesse momento. Todas as forças do Universo estão comigo e a meu favor. Eu posso seguir.”

Comece a observar tudo ao seu redor e a se dar conta de que está aqui e agora, repare em coisas bobas como a roupa que está vestindo, a cor de céu, pessoas diferentes passando. Se estiver em casa ligue para alguém do seu presente, alguma nova amizade ou troque algum móvel de lugar.

Isso costuma funcionar muito bem no momento do desespero, do choro, do medo, da tristeza ou do desânimo, em qualquer tipo de trauma.
Mas isso não é ainda um desbloqueio profundo. Repito, o desbloqueio dos traumas deve ser feito individualmente para cada situação.

Uma outra sugestão que ajuda muito no processo de desbloqueio de todos os traumas é O desapego =)
Tudo aquilo que trouxer lembranças sobre o ocorrido: papéis, roupas, objetos, lugares e até mesmo algumas fotos devem ser doados ou repaginados. Como assim?
– Você pode pintar a casa inteirinha de outra cor e trocar todos os móveis de lugar se o trauma for um divórcio ou a perda de um ente querido. Você pode fazer uma fogueira com todos os papeis daquela empresa que faliu e ainda usar essa fogueira para um Ritual de conexão com forças do Universo para o seu novo início.

Viu? São diversas técnicas, exercícios e rituais, dependendo do tipo de trauma ♥

♥ Vou gostar saber mais sobre você e poder te dar alguma sugestão sobre o tema de maneira mais específica, se quiser me contatar pode me escrever nos comentários ou mesmo por email ♥

Assista o vídeo abaixo para esclarecer melhor o assunto e me deixe um recadinho, é bom demais saber que tem alguém aí do outro lado dessa telinha =)

 

Gratidão e Namaste _/\_

  1. Jessica disse:

    Gratidão por tudo o que tem feito!