vida-natural category image
4 de janeiro de 2018

Banho de ervas – com ou sem banheira

Vida Natural

Hoje vou te falar de um dos meus rituais prediletos! O banho de ervas.
E já de antemão gostaria de dizer que não importa se você tem ou não banheira em casa, esse ritual é um encontro consigo mesmo, um carinho, um chamado de força e de poder.

Desde que o ano de 2018 começou estou diferente, e não é conversa furada não, estou muito mais conectada e ativa e acredito que isso se deve ao fluxo de energia que está fluindo mais facilmente dentro do meu corpo trazendo essa conexão mais profunda com a terra e seus elementos.
Eu sempre gostei muito de ervas, aromas e essências, mas ultimamente tenho me dedicado integralmente a mudar meus hábitos por sentir necessidade de ter um contato maior com esse PRANA – energia vital.

O que os banhos tem haver com isso tudo?
No primeiro dia de 2018 eu mesma preparei meu sal de banho e acredite, isso fez toda a diferença.
Gosto de comprar sais de banhos de marcas que confio por aí, mas nenhum deles até hoje teve essa mesma força de limpeza e purificação energética.

Eu saí daquela banheira outra pessoa. Foi mágico.
Mas o que fazer para ter uma experiência dessas?
Eu resolvi falar disso porque eu quero muito desvincular a necessidade de se ter uma banheira onde permanecemos imersos na água para tornar essa experiência perfeita.

Ter ou não ter uma banheira aqui não importa nadinha, acredite. A banheira só facilita mais o relaxamento dos músculos do corpo, mas são as ervas, a intenção e a sua capacidade de estar presente nesse momento que fazem desse momento sagrado.

Portanto mãos a obra.
Eu vou deixar aqui a receitinha do sal de banho que criei, mas lembre-se de ouvir sua intuição e de juntar as ervas e essências que sentir o chamado.

Você vai precisar de:

Para o sal de banho
Enquanto estiver preparando seu sal de banho dê PLAY NESSE AUDIO e permita-se sentir o chamado, a força, a sua intuição.
– Sal de banho, ou sal grosso, orgânico
– Ervas do quintal de casa – eu usei alecrim e salvia
– Flores do seu jardim – eu usei lavanda
– Cascas de laranja ou de limão – eu usei cascas de uma tangerina que comi
– Cravo da índia ou algum pedaço de madeira perfumada
– 3 gotinhas de óleo essencial – eu usei óleo essencial 31 ervas

Misture tudo em um saquinho, sachê, de pano ou voal – que você poderá reutilizar depois.

Para o banho
Enquanto estiver fazendo sua imersão dê play aqui INSPIRE BANHOS e mais uma vez permita-se ir fundo em suas emoções e sentimentos.

Se você for do time que não tem banheira prepare uma bacia ou jarra grande com água morna e enquanto ouve a música coloque seu sachê – saquinho – de ervas dentro. Faça seu banho normal no chuveiro com calma, tranquilidade e paciência. Procure tentar ouvir aquilo que seu corpo deseja falar. Onde está mais tenso, onde existe alguma vergonha ou bloqueio. Integre. Acolha. Ame-se. Quando terminar o banho no chuveiro acrescente um pouco de água quente na bacia onde colocou os sais. Coloque seus pés dentro da bacia exatamente como em um escalda pés e concentre-se no vapor que é exalado da água, recebendo toda a energia purificante das ervas. Depois de alguns minutos jogue toda a água já morna em seu corpo, da cabeça para baixo ou do pescoço para baixo, como se sentir mais seguro, não importa. Sem medo, sem bloqueios, visualize a energia das ervas purificando seu campo energético e ativando seus chakras. Inspire e expire profundamente algumas vezes para depois enxugar levemente o corpo, sem esfregar.

Se você for do time que tem banheira em casa o processo é o mesmo, porém você restará em imersão de corpo completa dentro da banheira pelo tempo que gostar. Nesse caso faça antes um banho de chuveiro, limpando seu corpo antes do ritual de imersão.

Quando terminar, coloque as ervas que sobraram dentro do saquinho no jardim de casa para que elas voltem para a natureza onde é seu lugar. A água deve ser dispensada através do ralo ou se possível, se não estiver contaminada por produtos químicos, na natureza.

Lave cuidadosamente o sachê vazio para reutiliza-lo.

Depois do banho continue conectada em músicas que estimulam sua viração harmonizando mente e corpo, procure falar baixo e manter seu estado vibracional harmonioso e equilibrado pelo maior tempo possível.

Esse banho pode ser feito uma vez por semana e o ideal é que ele se torne um encontro entre você, sua consciência e sua energia.

Você conhece o Palo Santo?
Vou falar sobre minha experiência com ele amanhã, não perca porque ele está sendo o grande responsável por manter essa minha sensação de paz.

Estou amando ler os comentários! Continue deixando seu recadinho e receba minha mais profunda gratidão.

Se você ainda não é inscrito no CANAL YOUTUBE INSPIRE LEVEZA clique aqui VIDEOS INSPIRE e inscreva-se porque vai começar a ter vídeo diariamente por lá!

Lá no INSTAGRAM INSPIRE LEVEZA está rolando muitos posts lindos que irão te ajudar a se manter nesse caminho lindo de criar a realidade que você deseja viver! Clique aqui INSTAGRAM INSPIRE e me segue por lá também porque o conteúdo é diferente em todas as redes.

Não perca nadinha.
Estou dando o meu máximo, por mim e por você!
Eu sou Andreza Frasseto e eu amo você.

Gratidão.

  1. Lily disse:

    Adorei! simples de fazer mas com incríveis poderes ?

  2. Sônia Maria disse:

    GRATA DEMAIS PELA partilha!
    Anotado. Fazer no meu momento “spa caseiro” de domingo.
    2018 de amor.