meditacao category image
24 de março de 2020

A meditação como estilo de vida

Meditação

Meditar é a palavra do século.

Todas as redes sociais no mundo estão falando sobre meditação de forma generalizada. Isso parece bom, não fosse trágico.

Ao mesmo tempo em que temos acesso direto e facilitado a todo tipo de meditação como nunca antes, poucas pessoas meditam verdadeiramente. Me corrijo, poucas pessoas meditam profundamente. Ou ainda, poucas pessoas se permitem viver realmente o processo meditativo.

Conhecemos todas as regras, temos acesso a todas as teorias, nos propusemos a fazer a travessia das águas da mente, mas na hora de colocar o barco na água não encontramos o remo.

Vivemos a meditação, e não só a meditação, de forma superficial. Veloz. Sintética. Esse é o século das práticas smart, compactas. Mas a meditação requer entrega e aprofundamento.

Prova disso são os inúmeros emails que você leu superficialmente sobre o tema, e as centenas de lives às quais você participou pensamento que a partir daquele momento iniciaria um percurso diário em sua vida.

Muito se fala. Muito se ouve. Muito se vê sobre o tema. Mas e na prática? Como vivemos a meditação diariamente?

Meditar é processo. A meditação é um percurso solitário feito para dentro. É um reencontro com a mente. E não uma incansável tentativa de calar seus pensamentos. Do contrário, meditar é aprender a ouvir, primeiro a si, depois o outro, e por fim o Universo inteiro.

O processo meditativo se dá pelo desejo de ordem.

É como se estivéssemos em meio a um caos de emoções e sentimentos, num turbilhão de pensamentos desalinhados que oscilam em frequências muito diferentes durante 24 horas do dia e buscássemos organizar o lado de dentro.

A meditação limpa. Purifica. Clareia. Alinha. Organiza. Reconecta.

Meditar não é criar um universo paralelo, onde minutos parecem portais de relaxamento. Não. Meditar é viver na presença.

Uma presença amiga, fiel, acolhente. A presença da mente.

Quais são seus questionamentos sobre esse tema. Estou desenvolvendo uma série de vídeos para o canal do YouTube Inspire Leveza e gostaria de saber como você vive a meditação. Gostaria de transformar a meditação em estilo de vida?

Nos próximos posts vamos refletir mais sobre esse e outros temas.

Gratidão pela companhia.

Hari Om.

Que o amor desperte.

  1. Ana Palmira disse:

    Eu tento, mas não consigo fazer pela manhã nem durante o dia.
    Daí faço no final da noite onde já estou cansada e nem sempre desfruto muito. No final da noite apesar do cansaço, minha cabeça não para e ainda tenho a insônia.
    Preciso descobrir uma fórmula que funcione pra mim. Bjs e namastê 🙏

  2. Larissa disse:

    Bom dia! Nossa um sonho ter uma vida assim, meditando, vendo o lado bonito da vida. Eu tento, começo o dia bem vendo seus vídeos, me conectando, mas qdo chega no final do dia já está tudo desembestado. Rs

  3. DIANNE AGUIAR RIBEIRO disse:

    LINDA MENSAGEM, TIRANDO UM TEMPINHO PRA LER SEUS TEXTOS. GRATIDÃO <3